Clareamento - Principais Dúvidas

Principais dúvidas sobre clareamento dental

01. Clareamento enfraquece os dentes?

Não. O clareador age no pigmento que ocasiona o escurecimento. Esse processo não é

abrasivo e não enfraquece os dentes.

02. Em caso de sensibilidade pode ser feito clareamento?

Sim. Pessoas que tem dentes mais sensíveis também podem fazer clareamento. Nestes casos, será prescrito um medicamento que pode ser tomado uma hora antes da sessão de clareamento.

03. A duração do clareamento a laser (no consultório), realmente é menor do que o clareamento de moldeira (caseiro)?

O clareamento dental realizado com a técnica de consultório ou feito com moldeiras tem o mesmo mecanismo de ação, que é a quebra dos pigmentos (moléculas orgânicas) em moléculas menores. Esta quebra acontece por ação dos radicais livres liberados pelo gel clareador. Entendendo o processo, dismistifica-se a questão de qual a técnica que promove resultados mais duradouros.

A duração do clareamento dental é muito mais relacionada com o novo contato com pigmentos oriundos da alimentação e hábitos. Assim, cada indivíduo apresenta uma resposta diferente. De qualquer forma, os dentes podem ser clareados novamente caso haja necessidade ou desejo do paciente para isso.

04. Qual a idade mínima para se fazer um clareamento dental?

Geralmente 15 anos é a idade mínima. Para definir isso realizamos radiografias para avaliação da formação das raízes (risogênese), esse é o principal fator avaliado em adolescentes.

05. Quanto tempo dura um clareamento dental?

A duração do clareamento dental dependerá de fatores tais como: hábitos alimentares e orais, uso de medicamentos, qualidade da higiene oral, cigarro, etc.

É importante que haja um acompanhamento desse paciente, e quando necessário fazer um clareamento para manutenção a cada 2 anos em média, impedindo a regressão da cor.

06. O que é necessário para se ter um bom resultado no clareamento?

Seguir corretamente o passo-a-passo do clareamento dental e atender a algumas recomendações:

- Durante a anamnese, relatar hábitos, costumes alimentares, uso de medicamentos, etc.

- Fazer um exame clínico completo, verificando cáries, retrações, desgaste, restaurações com infiltração e restaurações antiga

07. Como resolver problemas de manchamento por medicamentos como a Tetraciclina?

Os manchamentos podem variar em diversos graus. Podendo ser satisfatórios para os graus I,II e III. Para o grau IV, o prognóstico pode não ser muito bom. Para os casos de manchamento, é  ideal uma avaliação clínica.

08. O paciente é portador de manchas de fluorose. Como resolver?

Primeiramente deve-se fazer o clareamento em consultório. Durante o clareamento dental estas manchas de fluorose deverão ser protegidas (cobertas) pela própria barreira gengival.

Muitas vezes o clareamento não resolve o problema totalmente, somente irá amenizar essas manchas, clareando os dentes. Após o clareamento dental é recomendado o uso de micro-abrasão, se necessário.

09. Um paciente que teve câncer, pode fazer o clareamento dental?

Geralmente sim, outros fatores serão avaliados durante a consulta e desde que seja feito o clareamento em consultório. O clareamento caseiro está contra-indicado para esses pacientes.

10. Quantos dias eu devo aguardar após o clareamento dental para restaurar os dentes?

É recomendado aguardar em média 14 dias, para aguardar a liberação total do oxigênio e prevenir a queda de restaurações em resina e alterações na cor da resina.

11. Se o paciente tem restaurações em dentes anteriores, será necessário trocá-las após o clareamento dental? Como devo proceder?

Nem sempre será necessário trocá-las. Geralmente é realizado um polimento nas restaurações existentes. A necessidade de troca será avaliada durante a consulta.

12. Porque podemos ter sensibilidade nos dentes e o que fazer nesses casos?

As respostas para cada paciente são bastante diversificadas, dependendo do nível de penetração do agente clareador através do esmalte e dentina, podendo estar relacionado também à perda excessiva da espessura ou à presença de trincas no esmalte ou devido à lesões nos dentes.

Também interfere na sensibilidade fatores como:

- a idade do paciente

- os hábitos de ingestão de bebidas e alimentos com pH ácido, tais como: coca-cola, guaraná, refrigerantes, laranja, limão, maçã, tomate, etc.

- desgastes por motivos ortodônticos

- presença de cáries ou restaurações com infiltração

- uso de enxaguantes bucais como: Listerine, Plax, etc.

- pacientes que já apresentam sensibilidade espontânea.

Nestes casos o profissional adotara a melhor conduta, bem como a prescrição de medicamentos analgésicos específicos para promover e permitir um maior conforto durante o decorrer do tratamento.

13. Como tratar a sensibilidade dentinária pós-clareamento dental?

- O uso do dessensibilizante poderá ser aplicado.

- Quando necessário, será prescrito analgésico via oral.

14. Pode-se fazer clareamento dental em mulher que está amamentando?

 

Sim. Desde que seja feito o clareamento em consultório. O clareamento caseiro está contra-indicado.

15. Que alimentos ou produtos posso ingerir durante e após o clareamento dental para não interferir na cor?

Após ter realizado o clareamento é indicado não ingerir bebidas e alimentos que contenham pigmentos como vinho tinto, café, refrigerantes com corantes (principalmente coca-cola), sucos coloridos naturalmente e artificialmente, molho, chá preto, catchup, mostarda e açaí.

16. Quais são os procedimentos que devo fazer previamente ao clareamento de consultório?

Os procedimentos prévios ao clareamento dental são fundamentais para o sucesso do tratamento.

Após a consulta inicial e exame clínico, a profilaxia ( limpeza ) é um item importantíssimo para o clareamento dental.

Dica - Se você ainda não conhece o Check-up Digital realizado na ODONTOMINAS, aproveite para perguntar e conhecer esse exame inovador que evita problemas e promove sua saúde bucal.

17. É seguro realizar o clareamento dental em paciente grávida?

O Clareamento Dental é um tratamento estético que poder ser realizado por 2 técnicas: caseira ou em consultório.

A técnica caseira (com moldeiras) está contra-indicada para pacientes grávidas ou lactantes em função do contato do gel com os tecidos orais e risco de deglutição. A ingestão do gel clareador pode trazer muitos prejuízos a mãe.

A técnica de clareamento em consultório é mais segura, pois neste caso não há contato do gel com tecidos moles e o risco de deglutição é eliminado. Neste caso, lançamos mão de luzes para ativar o gel clareador. Essas luzes não são radiações ionizantes (não provocam mutações genéticas) e, nos parâmetros que estão disponíveis nos equipamentos, são seguras e não tem capacidade de causar danos nem para a paciente nem para o feto.

Embora tenhamos controle sobre as luzes durante o clareamento dental, os procedimentos estéticos em pacientes grávidas deve ser adiado e evitados sempre que possível. Os mesmos devem ser realizados após a gravidez preferencialmente. Qualquer problema que a paciente tenha com sua gravidez ou com o bebê, mesmo não havendo evidências científicas, pode ser atribuído ao clareamento e isso causaria incômodo para todos.

18. O clareamento pode ser realizado em adolescentes?

Como regra, temos uma idade mínima para realização do clareamento que é dada pela época de fechamento do ápice dental. Dessa maneira, temos como base uma idade mínima de 15 anos para que se possa fazer o clareamento e, mesmo nessa idade, recomendamos a realização de radiografias para análise do estado das raízes.

Existem exceções como, por exemplo, em casos de adolescentes que têm comprometimento estético do sorriso e o clareamento está indicado. Sendo assim, o procedimento pode ser realizado nas áreas de maior evidência no sorrido, por exemplo, de canino a canino, com o consentimento do responsável para melhoria da autoestima do adolescente.

Dr. Ricardo Abreu de Queiroz

Ortodontia – Implantes – Clareamento – Cirurgia e Outros 

 (31) 2516-1654 (31) 99187-0225

www.odontominas.com

Av. Afonso Pena, 2734 . Funcionários . BH

Início  - Artigos

      

 (31) 2516-1654

(31) 98910-7933

Av. Afonso Pena, 2734 . Funcionários . BH

Agendamento e Contato

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!